DANIEL FERREIRA     CRIAÇÃO + PESQUISA

Expressividade Procedural pesquisa
sobre o uso expressivo do meio digital (doutorado)

Expressividade ProceduralExpressividade Procedural

Pesquisa de doutorado sobre o uso expressivo das mídias digitais, desenvolvida no programa de Artes Visuais da ECA/USP, com sanduíche na University College London, no Reino Unido.

Tese defendida em 20 de Maio de 2016.

Parte desta pesquisa foi desenvolvida no London Knowledge Lab (University College London/Institute of Education), com financiamento do CNPq (bolsa doutorado “sanduíche”) (post).

No Brasil, o projeto fez parte do programa de Artes Visuais da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP) (cv lattes), sob orientação de Gilbertto Prado, e com o apoio da bolsa CAPES .

Informações sobre a defesa aqui.

Em breve, link para a tese e mais informações.

Resumo:

Esta tese trata a respeito de uma abordagem criativa específica em mídias digitais: o emprego expressivo da autoria procedural (isto é, da criação ou manipulação de algoritmos). Esta abordagem, denominada aqui como expressividade procedural, difere fundamentalmente do emprego do computador unicamente para emular formas e linguagens tradicionais. Nossa investigação inclui estudos práticos realizados no contexto do projeto Playing Beowulf (University College London), no qual trabalhei como parte da equipe de pesquisa e desenvolvimento do MissionMaker, um aplicativo educacional para criação de narrativas e jogos digitais. Esperamos com esta tese contribuir na compreensão sobre o uso expressivo da autoria procedural em mídias digitais, e no seu papel fundamental na realização da expressividade própria deste meio.

Palavras-chave: expressividade procedural, narrativas digitais, jogos digitais, criação digital

Referência: FERREIRA, Daniel Peixoto. Expressividade Procedural: narrativas e jogos digitais. Tese (Doutorado) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, 2016.

Leia sobre a primeira etapa desta pesquisa, em nível de mestrado aqui.

[Publicado 2012/04/24. Última atualização em 2016/08/30.] [1]


  1. Editado anteriormente em 2014/11/19, 2015/01/05, 11/18, 2016/05/05 (para refletir o conteúdo final da tese) e 05/31 (após a defesa). []
  

11 Comentários »

  1. […] Neste post eu examino o conceito de “unidades de significado”, a partir de Ian Bogost, no contexto da minha própria pesquisa sobre expressividade procedural. […]

    Pingback de Unidades de Expressão | 7luas — 2013/07/30 @ 11:21

  2. […] aprofundar um pouco sobre este tema, no contexto da minha pesquisa sobre expressividade procedural (saiba mais). […]

    Pingback de Adventurezator | 7luas — 2013/08/27 @ 09:48

  3. […] an abstract for my research here. Visual/audio works in the orange right-hand menu. There is also an about me page, and a contact […]

    Pingback de Welcome | 7luas — 2013/08/27 @ 17:24

  4. […] Leia sobre a minha pesquisa aqui. […]

    Pingback de 7luas — 2013/08/27 @ 20:29

  5. […] [Este texto em português.] […]

    Pingback de Procedural Expressiveness | 7luas — 2013/09/13 @ 12:40

  6. […] Adrian Ward é artista digital e músico. Desde o primeiro contato com computadores, sua postura diante da máquina sempre foi de subversão. No artigo How I Drew One Of My Pictures o artista descreve um programa simples em ZX BASIC que realiza rabiscos na tela, chamado Scribbles. Eu uso este programa como exemplo na minha dissertação de mestrado sobre as Poéticas Procedurais (leia mais). […]

    Pingback de Scribbles (Adrian Ward) | 7luas — 2014/02/01 @ 10:42

  7. […] Leia mais sobre o assunto no meu blog de pesquisa. […]

    Pingback de O Que é Um “Album App”? | 7luas — 2014/08/07 @ 13:48

  8. […] Minha pesquisa de doutorado é sobre o uso expressivo do meio digital. Ela faz parte do programa de Artes Visuais na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP) – leia mais aqui). […]

    Pingback de Criação Procedural | 7luas — 2015/01/05 @ 12:34

  9. […] Neste post eu apresento e comento algumas das ideias de Sherman. Eu também reflito sobre as diferenças fundamentais entre a sua perspectiva e a minha própria pesquisa. […]

    Pingback de Palavras Sobre Jogos | 7luas — 2015/01/26 @ 10:14

  10. […] saiba mais sobre minha pesquisa sobre expressividade procedural aqui. Decidi que só voltaria a me aventurar no gênero quando houvesse alguma grande evolução nesse […]

    Pingback de Heavy Rain x Façade? | blog | 7luas — 2015/11/19 @ 13:41

  11. […] Nota: posts sobre Playing Beowulf, MissionMaker 2 (em breve) e minha pesquisa. […]

    Pingback de Unity | blog | 7luas — 2015/11/22 @ 11:13

Feed RSS para os comentários deste post. Trackbacks

Deixe um comentário