DANIEL FERREIRA     DIGITAL CREATIVE
Sol LeWitt: Arte Conceitual exposição

The idea becomes a machine that makes the art.
(Sol Lewitt, 1967)

Sol LeWitt (1928-2007) era um artista e teórico das Artes Conceitual e Minimalista, defendendo a primazia da idéia sobre as habilidades manuais/técnicas do artista, ou mesmo sobre a aparência final da obra de arte.

A origem da Arte Computacional se relaciona a determinadas vertentes da Arte Conceitual, como por exemplo a Arte Declarativa.

Assista um vídeo com algumas imagens da exposição Sol LeWitt: 2D+3D (2010).

The idea itself, even if not made visual is as much a work of art as any finished product. (…) Those that show the thought processes of the artist are sometimes more interesting than the final product.

[T]he fewer decisions made in the course of completing the work, the better. This eliminates the arbitrary, the capricious, and the subjective as much as possible.

A postura de LeWitt é radical, eliminando ao máximo a contribuição da materialidade e mesmo da subjetividade nas suas obras, em benefício do controle sobre o conceito – a idéia central de cada trabalho.

Alguns autores na área de arte e tecnologia exploram a relação entre a Arte Conceitual e a Arte Computacional, como Frank Popper (1993) e Julio Plaza. Segundo Plaza, a criação em meios digitais “exige do artista uma prática ‘conceitual'” (Plaza In Tavares,1995:16).

Enquanto nas Poéticas Procedurais temos a emergência de uma “máquina criadora”, na Arte Conceitual, segundo Lewitt,  a idéia é a “máquina que produz a arte”.


LEWITT, Sol. Paragraphs on Conceptual Art, 1967. Cap. 9: Languages and Concepts, pp 822-826. In Stiles, Kristine and Selz, Peter, Theories and Documents of Contemporary Art: a Sourcebook of Artists’ Writings, UCLA Press (1996).

POPPER, Frank. Art of the Electronic Age, Thames & Hudson (1993).

TAVARES, Monica. Os Processos Criativos com os Meios Eletrônicos, Unicamp – Universidade Estadual de Campinas (1995).


See more all.

  

No comments »

No comments.

RSS Feed for these comments. Trackbacks

Leave a comment